Como economizar na Black Friday

como_economizar_black_friday

A Black Friday é um evento super famoso nos Estados Unidos, mas aqui a data ainda começa a ganhar espaço. Por isso, é sempre bom discutir sobre como não cair em armadilhas, né?

Aqui no Brasil, quem organiza a Black Friday é o site Busca Desconto, que reúne várias lojas e ajuda muito os consumidores a obter os melhores preços. Nesse ano, a Black Friday está marcada para o dia 28 de novembro.

Li algumas dicas superimportantes nessa matéria do G1 sobre como não cair em armadilhas nessa época de promoções:

Pesquise os preços com pelo menos duas semanas de antecedência

Eu sempre comparo preços de tudo que pretendo comprar online. Pra isso, uso comparadores como o Zoom e o Buscapé, que mostram os preços em várias lojas pra você ter noção de onde comprar. No Zoom ainda tem um gráfico com a variação de preços que ajuda o consumidor a saber se tem alguma loja espertinha que subiu o preço antes da Black Friday pra simular um desconto falso.

 

zoom_alerta_preco

Exemplo de histórico de preços no Zoom.

 

Se você já tem um produto em mente pra adquirir, provavelmente já sabe quanto ele custa e a chance de ser enganado com descontos fajutos é bem menor. Eu, por exemplo, tô esperando o dia 28 pra ver o preço de algumas coisas que eu gostaria de comprar, na esperança de economizar um pouquinho.
Fuja de horários de pico (no início da madrugada e durante o almoço)

Infelizmente algumas lojas subestimam o poder da Black Friday e quando oferecem grandes descontos, não aguentam o tranco do número de acessos. Se puder evitar os horários de pico, você pode ter uma experiência mais tranquila. Segundo o site Blackfriday.com.br, no evento do ano passado foram contabilizados mais de 80 milhões de acessos simultâneos, então a chance de dar problema ainda é grande, pois nem todas as lojas se preparam como deve pra esse pico de acessos em um único dia.

Desconfie de sites que não fornecem telefone ou email e procure lojas certificadas e verifique o selo de qualidade

Eu tenho uma certa resistência de comprar coisas em lojas de internet muito desconhecidas. Sempre pesquiso muito antes de arriscar e começo sempre  procurando um telefone de contato com e-mail de atendimento. Também é sempre bom procurar saber a reputação da empresa na internet: procurar em sites como o Reclame Aqui e nas redes sociais dão uma boa ideia se a loja é furada ou não. Verificar se a loja possui algum selo de qualidade, como o E-bit, ajuda a ver quem tem as melhores práticas na Internet.

Registre a compra e guarde comprovantes de pagamento

Isso vale tanto para compras online quanto em lojas convencionais também. Caso dê problema, você tem todas as provas caso precise de outro meio para reclamar e  garantir os seus direitos.

Evite comprar em computadores externos, como em lan houses

Com tanto vírus e esquemas pra roubar dados por aí, essa dica é a mais preciosa! Use computadores seguros, como o de casa ou o do trabalho, caso ninguém mais tenha acesso a ele. Assim suas informações ficam sempre seguras.

 

Ano passado, o Camisetices ainda não existia na Black Friday, mas vi que algumas lojas fizeram promoções no dia, dando descontos em produtos e usando códigos promocionais. Fique ligado aqui no blog que vamos mostrar as melhores promoções pra vocês turbinarem o guarda roupa com ótimas peças.

 

2 Responses to “Como economizar na Black Friday”
  1. Loma novembro 16, 2014
    • Karine Amaral novembro 16, 2014

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *